Verão em Munique: 19 ideias para aproveitar a cidade ao ar livre

Verão em Munique - Biergarten

O verão em Munique é único! E, apesar de a cidade estar bem longe do mar, o verão por aqui não perde nada para outras cidades costeiras. E isso é tão verdade que no verão a gente tenta ficar na Alemanha para aproveitar ao máximo tudo o que Munique oferece nessa estação do ano – mesmo que isso signifique abrir mão de outros destinos badalados nessa época.

Sim, há muito o que fazer em Munique no verão! Abaixo, listei os meus 19 passeios ao ar livre preferidos. Alguns passeios ainda não fui, mas estão na minha lista há um tempo e pretendo assim que o calor chegar (e a pandemia acabar, claro).

1. Opera für Alle

A magia da Opera für Alle em Munique

A Bayerische Staatsoper (Ópera do Estado da Baviera) promove concertos abertos ao público e gratuitos no verão. Os concertos da Münchner Opernfestspiele (Festival de Ópera de Munique) geralmente acontecem em determinados sábados do mês de julho, bem frente ao Nationaltheater, no centro da cidade, e você pode conferir a agenda aqui.

Leve uma toalha para se acomodar no chão, alguns snacks e aproveite o clima descontraído com boa música!

2. Tollwood

O Tollwood é um festival cultural e ambiental com proposta de defesa dos direitos humanos, bem-estar animal e do meio ambiente. Ele acontece duas vezes por ano: no verão e a no inverno (quando ele mais se parece um mercadinho de Natal).

No verão, geralmente o Tollwood tem uma vibe de circo e acontece no Olympiapark. Por lá, você encontrará barraquinhas com comidas de vários países, tendas de música e uma área para concertos (em alguns casos, pagos). A entrada é gratuita e o evento acontece nos meses de junho e julho.

3. Nadar e tomar sol no Eisbach

Verão em Munique - Eisbach
Verão em Munique: que tal um banho gelado no Schwabinger Bach?

É um dos meus programas de verão em Munique preferidos. Nos dias quentes, o parque lota com grupos fazendo pique-niques à beira do Eisbach, o riacho artificial de 2 km que corre dentro do Englischer Garten. Se tiver coragem, dê um mergulho na água gelada (“Eisbach” literalmente significa “riacho de gelo”)!

4. Passar o dia em um dos lagos perto de Munique

Lago Starnberger em um dia de verão

Se você estiver cansado da cidade (difícil!), pode ser uma boa ideia explorar os lagos dos arredores de Munique. Alguns bem famosos são o Lago Starnberger (25km, 30 minutos de trem) e o Lago Tegernsee (55km, 1h10 de trem). Nesses lugares existem áreas com gramados e píer na beira da água, além de restaurantes e ciclovias.

5. Piscinas públicas

Passar o verão nas piscinas públicas, conhecidas como Freibäder, é um costume dos alemães. A Dantebad é uma das maiores piscinas de Munique (a única piscina aquecida ao ar livre que funciona também no inverno). A Naturbad Maria Einsiedel é uma piscina abastecida com água do Rio Isar, que corta Munique – não estranhe se encontrar nudistas por ali. Já a Ungererbad é rodeada por gramados, possui toboágua para as crianças, além de quadras de vôlei de praia e campo de futebol.

Para horários e endereços, visite o site da SWM.

6. Open Air Kino

No verão, pipocam cinemas ao ar livre em Munique – há até estilo drive-in. O mais famoso deles é o Kino am Olympiasee, localizado no Olympiapark. O cinema funciona todos os dias no verão, a partir das 19h. Os bilhetes são vendidos apenas online e alguns filmes são exibidos em inglês.

7. Biergarten

Existe coisa mais alemã do que aproveitar o dia de verão em um Biergarten? Eu acho que não! Os Biergärten ficam lotados nessa época do ano e é essa mesmo a graça.

Os meus preferidos: o Seehaus, nas margens do Lago Kleinhesseloher, no Englischer Garten. O Biergarten da Torre Chinesa, também no Englischer Garten, é famosíssimo entre os turistas. Para um bom café da manhã bávaro (versão mais arrumadinha), o Kaisergarten é uma ótima opção – apesar do serviço nem sempre simpático. Bom, o que não faltam são Biergärten em Munique!

8. Munique de bicicleta: bike na beira do Isar

Ok, aqui é o Eisbach no Englischer Garten – mas vale também!

Munique é uma cidade com ótimas ciclovias, porque andar de bike aqui não é apenas um programa de lazer, mas um tipo de transporte que as pessoas usam no dia a dia. E, por isso mesmo, as regras devem ser respeitadas.

Um dos percursos mais legais para aproveitar Munique de bicicleta é o caminho que sobe o Rio Isar, e passa por Icking.

9. Que tal um sorvete de sabor nada óbvio?

Uma sorveteria específica ganhou fama por causa dos seus sorvetes de sabores inusitados: a Der Verrückte Eismacher. Com decoração que parece ter saído de “Alice no País das Maravilhas”, a sorveteria vende sorvete de sabores como bolognesa, cheeseburger e bacon.

Mas se você é do time que prefere os sabores mais tradicionais, experimente a Bartu (eles tem um quiosque no Englischer Garten). Os sorvetes de lá têm a fórmula bio. Meus sabores preferidos? Figo e New York Cheesecake. Muito, muito bons!

10. Churrasco na beira do Rio Isar

É um costume entre os alemães se reunir na beira do Rio Isar para churrascos. Uma grelha, um pouco de fogo, batatas embrulhadas no alumínio, pimentões no palito e o churrasco alemão está preparado!

Mas, atenção: em algumas áreas essa prática é proibida. Veja as regras para fazer o seu churrasco na beira do Isar ou em um dos parques da cidade aqui.

11.Passear no Jardim Botânico de Nymphenburg

Se você gosta é adora plantas, uma boa ideia pode ser visitar o Jardim Botânico de Nymphenburg. Lá, são cultivadas cerca de 19.600 espécies e subespécies de plantas. Aproveite para conhecer os interiores do Palácio de Nymphenburg, um palácio barroco de 1675 que serviu como morada de verão dos governantes da Baviera.

12. Fim de tarde no café da Faculdade de Arquitetura

Um dos lugares mais disputados para assistir o pôr-do-sol no verão em Munique é o café da Faculdade de Arquitetura, o Café im Vorhoelzer Forum. De lá, é possível ter a vista do skyline da cidade e dos Alpes enquanto toma um drinque com os amigos.

13. Bons drinques no Kulturstrand

Falando em bons drinques, no verão Munique também ganha bares com espreguiçadeiras e areia para você curtir o verão como se estivesse na praia. O mais famoso deles é o Kulturstrand, na beira do Rio Isar, com música e eventos culturais.

14. Pôr do sol no Olympiapark

Olympiapark: um pôr do sol com 360 graus de vista para o skyline de Munique

Além do café da Faculdade de Arquitetura, muita gente se reúne na montanha do Olympiapark para assistir o pôr do sol com 360 graus de vista.

Isso depois de um passeio no parque, que foi construído para receber os Jogos Olímpicos de Verão de 1972, um dos cartões-postais mais famosos da cidade.

15. Suco no Virtualienmarkt

O centro histórico de Munique é uma graça e por isso não poderia deixar de estar aqui um passeio pelo Virtualienmarkt, certo? Com suas tendas de frutas, embutidos e até Biergarten, vale a pena parar ali nem que seja para tomar um suco fresquinho depois de bater perna nas vielas do centro.

16. Dança na Praça dos Museus

Dança no pátio em um dos museus na Königsplatz

Há quem ame dançar. Nesse caso, vale a pena dar uma espiada nos grupos que se reúnem bem nos vãos dos museus de Munique. Grupos de apaixonados por tango e forró (sim, forró!) se reúnem por ali.

17. Colher morangos, amoras, mirtilos e framboesas

Taí um passeio que eu estou adiando há tempos, mas quero muito fazer. Em Munique, no verão é possível ir a uma fazenda de morangos (ou amoras, framboesas e mirtilos) e colher a fruta do pé.

Funciona assim: você paga um valor fixo, geralmente em torno de 10 euros, e pode levar uma caixa da fruta para casa (e comer lá dentro à vontade enquanto colhe). Alguns lugares ainda possuem um café, com bolos, tortas e sobremesas feitas com as frutas colhidas por ali mesmo. Uma experiência deliciosa!

18. Descer o Isar de bote inflável

Para quem curte um pouco de adrenalina, descer o Isar de bote é o programa perfeito para um verão em Munique! Nessa época, os alemães se reúnem com amigos e fazem até festas no bote. A descida é tranquila, mas em alguns trechos é preciso muito cuidado – principalmente em época de chuvas, quando troncos e galhos ficam presos entre as pedras.

A rota de descida do Isar geralmente começa em Icking (dentro de Munique, o uso de botes é proibido) e passa por hidrelétricas. Minha dica? Esteja com alguém que já conheça o percurso, porque alguns trechos são, de fato, perigosos. Você irá passar por algumas ilhas e praias de pedra onde os grupos se reúnem… É muito, muito legal!

19. Bahnwärter Thiel

Verão em Munique - Bahnwärter Thiel
Bahnwärter Thiel: onde há arte por toda a parte

O Bahnwärter Thiel é um lugar que nem todo mundo conhece e totalmente fora dos roteiros tradicionais sobre o que fazer em Munique. É um espaço criativo que mais lembra Berlim, é verdade.

Trata-se de um conglomerado de bondes e vagões de metrô, contêineres pintados e um guindaste, equipado com gôndolas flutuantes e carruagens, onde acontecem concertos, mercados de pulgas, noites de cinema, leitura… Enfim, é uma área cultural bem interessante e vale a pena visitá-la para descobrir o que está acontecendo por lá.

Nos meses de maio em junho, em Landshut, uma cidade a 70km de Munique, acontece o Landshuter Hochzeit 1475. No festival, que acontece a cada 4 anos, cerca de 2400 pessoas se reúnem para celebrar um casamento medieval entre um duque e uma princesa que aconteceu em 1475. Vale a pena visitar!

Outros posts sobre a Alemanha

As minhas tendências de verão preferidas <3

Flat lay - tendências de verão na Europa

O sol começa a dar os primeiros sinais e as vitrines logo se enchem de branco por aqui. As tendências de verão na Europa quase sempre lembram muito o nosso Ano Novo: todo mundo quer vestir roupas claras. Estampas mil? Não. Cores neon? Só na praia!

E eu até entendo, vai. O inverno tem dias mais curtos e com pouco sol – e isso chega a ser um pouco depressivo, até. O verão então é a desculpa perfeita para ser mais leve, comer melhor, fazer exercícios no parque, visitar lagos perto da cidade aos domingos, tomar sol na varanda e fazer churrasco com os amigos sempre que possível. São três meses muito, muito bem vividos. E ser mais leve também se aplica às roupas, claro.

Por isso, aproveitei as promoções de meia-estação para escolher minhas tendências preferidas – e que eu acho que vão durar mais alguns verões (nada de moda descartável aqui) e acrescentei alguns itens no guarda-roupa. Dá uma olhada na minha lista:

Flat lay - tendências de verão na Europa
Listras, sapato oxford, rosé… Ah, o verão!

Tendências de verão: a lista

Oxford caramelo: Fiquei em dúvida entre o preto (usável no inverno), mas acabei optando pela versão caramelo do sapato. Vai bem com saia, shortinho, calça. Look arrumadinho ou a vida como ela é. Versátil!

Camiseta listrada: Precisa dizer? Básicas e clássicas.

Espadrille de onça:Uma espadrille não tãããoo básica assim, é verdade. Mas a gente precisa ter um sapato menos entediante de vez em quando. E combinar estampas (nesse caso, onça + listras) é terapêutico. Ah, sem contar que espadrilles são ótimas para passeios com longas caminhas, porque o solado de corda é muito confortável.

Calça branca: Isso sim é ousadia! Engordo alguns quilos toda vez que coloco uma calça branca. Mas tá na hora de aprender a lidar com isso e me importar menos.

Óculos e relógio rosé: Considero o rosé muito mais delicado que o dourado, então ele sempre é minha primeira opção. Os brincos de prata são presente do namorado e artesanato típico colombiano. <3

Rasteira com amarração: Uma evolução das sandálias gladiadoras? Talvez. E, de novo, rosé!

Blusa ombro a ombro: A blusa ombro a ombro com listras azuis verticais virou meio que uniforme. Na mesma linha, vão as camisas com listras azuis, também na vertical. Talvez essa peça seja uma das tendências de verão mais efêmeras e não tenha duração tão longa, mas eu gostei tanto que acho que vou usar muito. Mesmo.

Vocês acham que alguma tendência ficou de fora?

We heart Rio!

Passeando pelo shopping, uma vitrine me chamou MUITO a atenção esta semana. Fiquei en-can-ta-da com a segunda coleção que a Espaço Fashion fez com exclusividade para a C&A! Confesso que não sou muito fã de estampas, não. Aliás, poucas realmente me agradam… Mas a coleção “We love Rio” me conquistou com os vestidinhos e macaquinhos super colororidos, com estampas de mini corações. Muito coral, amarelo e vermelho. Muito verão, de verdade! Saias e shorts cintura alta também marcam presença, o que de fato não é muita novidade (né?).

Sinceramente, achei a We love Rio uma coleção bem mais interessante do que aquela primeira criada pela Espaço Fashion para a C&A! É divertida, e apesar de não ser uma garota de ipanema, acho que vou me arriscar nos vestidinhos e saias.

Os acessórios e sapatos também são um caso a parte. As bolsinhas com corrente de fato são mais do mesmo, mas a espadrille… Ah essa é um modelo que não se encontra em todo lugar! O cintinho trançado também tem seu lugar, já que vai com tudo.

Enfim, se nas roupas as irmãs Bianca e Camila Bastos investiram em estampas, nos sapatos ficou bem claro a escolha pelo estilo color blocking: a escolha por bloco de cores “sólidas”! Nesse verão a regra é “quanto mais colorido, melhor”!

Belles du Jour

Início de temporada de Gossip Girl é assim: todo mundo aguardando para saber quais serão os must haves da estação, certo? Certo. Mas dessa vez a lição de casa não poderia ter sido mais bem feita! Escolheram Paris para ser o cenário dos circulantes tons pasteis, boinas e paetês. E como ontem foi a estreia oficial da quarta temporada, não poderia deixar de colocar algumas imagens aqui para inspirar – até porque os tons pasteis, assim como no verão europeu, serão tudo por aqui no próximo verão.

Inspirada nessas imagens…
As cores que eu investiria? Rosé, cinza, turquesa e nude.
Os itens que não faltariam? Sapato oxford, blazer, chapéus, saias e calças com cintura alta.