O Lago di Garda, meu mundo e a fotografia

Lago di Garda, na Itália. Foto: Mariana Gabellini.

Eu ia escrever um post sobre como o Lago di Garda (o maior lago da Itália!) é belo e o que tem de incrível para fazer por lá – até porque estou na Itália há três meses e nunca escrevi nada sobre o país. Mas, ah, enquanto editava as fotos lembrei do que o professor de Fotojornalismo da faculdade me disse certo dia – e me bateu uma tristeza.

Ele deu um trabalho muito simples para a sala: todos nós deveríamos retratar, através da fotografia analógica, a cidade de São Paulo. Basicamente, captar a alma da cidade! Fácil, fácil. Não sou muito fã do Parque Ibirapuera, mas gosto do contraste entre a área verde e os arranha-céus ao redor. Não existe nada mais paulistano que isso, certo? Errado.

castle malcesine lago di garda
uma foto sem pessoas no Lago di Garda

Filme: ok. Enquadramento: ok. Ampliação: ok. Minha nota: não ok. Eu tirei 2. DOIS.

E, claro, fui reclamar o absurdo. COMO ASSIM? O professor respondeu: “a técnica está correta, mas faltam pessoas nas fotos. Eu só vejo patos, árvores e prédios. Onde estão os seres humanos? Isso é Jornalismo!”. Oh, fiquei sem reação. Ele tinha razão.

largo di garda
outra foto sem pessoas

Escolhi Jornalismo porque amo escrever. Mas eu amo escrever porque é como eu melhor me relaciono com o mundo. Sou introvertida e isso tem guiado minha vida desde que eu nasci. Todas as minhas escolhas são fundamentadas na minha introversão. Não faço amigos facilmente, não falo de mim para qualquer um. Escolhi Jornalismo, criei um blog, mudei de país por isso. Para aprender a lidar com o que eu sinto e tentar me abrir um pouco mais para as pessoas, para o mundo. Parece um pouco egoísta visto dessa perspectiva, mas é como sou. Preciso controlar o meu lado sensível de algum jeito.

E fotografia, afinal,  é captar a alma das pessoas – às vezes, sem pedir licença. Eu tenho essa liberdade?

lago di garda italia
mais uma

Enquanto editava essas fotos, no entanto, decidi mudar. Vou arriscar a deixar minha bolha e invadir outros planetas pessoais também por meio da fotografia. E começarei na próxima viagem!

lago di garda vela
opa, essa tem pessoas! mas eu prefiro o barco

Nos próximos quinze dias, estarei em uma road trip pela África do Sul, por isso não atualizarei o blog nesse tempo. Mas para quem quiser acompanhar tudo em tempo real, segue meu Insta: @marianagabellini. E a viagem continua!

Você também poderá gostar de...

22 comments

  1. Acho que entendi um pouco o seu professor. E confesso que me identifiquei muito com você na introversão e não se abrir para as pessoas, só que minha forma de comunicar é a dança. As fotos estão lindas, com ou sem pessoas, me deu ainda mais vontade de um dia conhecer a Itália.

    Boa viagem e bons momentos lá na África. Aproveita tudo!

    Beijos!
    http://heeymaria.blogspot.com.br/

  2. Eu também escolhi Jornalismo porque gosto de escrever, mas daí ao longo da faculdade fui aprendendo que o Jornalismo é mais sobre as pessoas do que a escrita em si, acho que é uma das matérias mais humana de humanas haha. Mas olha, realmente você arrasa nas fotos, acho que é questão de olhar, né? seu olhar fotográfico cai pra um lado. Acho incrível quando alguém consegue migrar de um lugar pra outro assim com tanta facilidade, paixão <3 Blog B de Bia

  3. Creio que entendi o que seu professor quis dizer. Mas sou dessas que aprecia uma foto mesmo sem ter pessoas, a natureza também é viva. (: Suas fotos são maravilhosas e eu amo! E nem preciso falar sobre esse lugar. Mas é bom ouvir criticas né?! Beijoos ♡

  4. Oi, Mariana!

    Entendi o que o teu professor disse… Mas acho que teria cometido o mesmo erro! Hehehe
    Eu adoro tirar fotos e olho mais pra paisagem, pro lugar, do que para as pessoas…
    Talvez seja coisa de gente introvertida (somos duas), que se perde nos próprios pensamentos… Hehehe
    Gostei da tua postagem… Escreve muito bem!

    Abraços, Cris

  5. As fotos são lindas mesmo, não entendo nada sobre fotografia, adoro fotos do ceu e de paisagens, mas acho que tem fotos que precisam de pessoas e outras que só a paisagem tá boa e as tuas fotos são daquelas que só a paisagem basta. Beijos

  6. apesar do seu professor ter razão, eu adoro fotografias da ~paisagem~, sem pessoas. sempre me deixa mais leve, imaginando mil coisas.. haha
    beijinho, lê.

    p.s: adoraria fazer road trips por aí, que massa! :D

Deixe uma resposta para Aurelia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.